Chamada para a próxima reunião do GEGH que está discutindo o livro “Por uma Geografia Nova”, o encontro será na próxima quinta-feira – 20/09/2018

Acontecerá, no dia 20/09/2018, na sala 203C, das 9 horas às 12 horas, mais um encontro do projeto de extensão “Grupo de Estudos de Geografia Histórica”, que está com as atividades voltadas para a leitura e debate do polêmico livro de Milton Santos, publicado originalmente em 1978, “Por uma Geografia Nova”. Dando continuidade à sequência de leitura dos capítulos, no próximo encontro teremos a leitura do capítulo 2: “A Herança Filosófica” e também a do capítulo 4, que chama-se “A Renovação do Após-Guerra: “A New Geography”. A apresentação dos capítulos ficará com o coordenador do grupo, o professor Marcelo Werner.

Ao aguardo de todos,

att.

 

Grupo de Estudos de Geografia Histórica

 

Relato da primeira reunião do GEGH 2018-2 que está discutindo o livro Por uma Geografia Nova, ocorrida em 13/09/2018

Realizaram-se, no dia 13/08/2018, os primeiros movimentos em relação a leitura e debate do Livro “Por uma Geografia Nova”, de Milton Santos. Nos primeiros instantes do encontro, antes do início da apresentação dos capítulos, foram apresentadas as dinâmicas de organização  do GEGH, que tentarão ser utilizadas na leitura e discussão do livro;  também uma breve exposição do histórico de livros já discutidos pelo GEGH, além de também ter sido apresentado o sistema em que funciona o projeto de Extensão Grupo De Estudos de Geografia Histórica. Já no que diz respeito às atividades do encontro, há destaque para a apresentação da Introdução e do Capítulo I – “Os Fundadores: As Pretensões Científicas”, que foi realizada por Bruno Campos. Durante a apresentação, foram realizadas múltiplas interações entre os participantes do grupo, com destaque para pausas na fala do apresentador no presente dia, pausas que foram necessárias para a leitura de trechos do livro, assim melhor circunscrevendo as ideias apresentadas pelo autor. Diante da temática que é abordada no presente livro, os primeiros assuntos levantados fazem referência à questões ligadas ao objeto de estudo Geografia e a problemática subsequente ao tema, descrições e pertubações quanto ao contexto intelectual da época, algumas críticas à geografia não crítica, etc. Quanto ao capítulo “Os Fundadores: As Pretensões Científicas”, foram discutidas algumas abordagens e estruturas conceituais de diferentes épocas da história do pensamento geográfico, sendo colocado em debate diversas categorias importantes para a história do pensamento geográfico, como é o caso da categoria lablachaeana “Gêneros de Vida”, a abordagem da Geografia Cultural, o conceito de Região, alguns apontamentos acerca das implicações do “Determinismo” que sempre esteve em questão na ciência geográfica, entre outros diversos temas. No mais, temos o próximo encontro marcado para o dia 20/09/2018, onde serão discutidos o capítulo II: “A Herança filosófica” e o capítulo III: “A Renovação do Após-Guerra: ”A New Geography”.

Abaixo algumas fotos do encontro realizado no dia 13/09/2018:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Att.

Grupo de Estudos e Pesquisas de Geografia Histórica

Grupo de Estudos de Geografia Histórica 2018-2 discutirá o livro Por Uma Geografia Nova, de Milton Santos

No próximo dia 13/09 iniciaremos o Grupo de Estudos de Geografia Histórica 2018-2, que faz parte da 14º edição do projeto de extensão “Grupo de Estudos de Geografia Histórica. Neste semestre discutiremos o livro “Por uma Geografia Nova: da crítica da Geografia a uma Geografia Crítica (Edusp, 2012, 6. ed)”. O livro, um dos mais importantes do autor, foi escrito no processo de redemocratização brasileira e dá conta de uma proposta de geografia crítica que se contrapusesse a geografia praticada até então. Esse foi o livro escolhido na reunião preparatória, realizada dia 30/08 (https://geohistorica.wordpress.com/2018/09/01/relato-da-reuniao-preparatoria-do-gegh-2018-2-realizada-no-dia-30-08/).

Convidamos a todos/as os/as interessadas/os a participar que se unam neste esforço de compreender a obra do grande mestre. Iniciaremos no dia 13/09 das 9 às 12 horas na sala 203C.

Abaixo divulgamos o cronograma preliminar, discutido na reunião preparatória:

13/09 – Introdução e Cap. 1 (Os fundadores: as pretensões científicas) – Bruno Campos

20/09 – Cap. 2 (A herança filosófica) e Cap. 3 (A renovação do Após-Guerra: “A new geography” – Marcelo

27/09 – Cap. 4 (A Geografia Quantitativa) e Cap. 5 (Modelos e Sistemas: Os Ecossistemas) – Martins

04/10 – Cap. 6 (A Geografia da Percepção e do Comportamento) e Cap. 7 (O Triunfo do Formalismo e da Ideologia – Bruna

11/10 – Cap. 8 (O Balanço da Crise: A Geografia Viúva do Espaço) – Bruno e Cap. 9 (Uma Nova Interdisciplinariedade) – a definir

25/10 – Cap. 10 e 11 – a definir

01/11 – Cap. 12 e 13 – a definir

08/11 – Cap. 14 e 15 – a definir

22/11 – Cap. 16 e 17 – a definir

29/11 – Cap. 18 e Conclusão – a definir

06/12 – Balanço e Encerramento

Ao final da atividade solicitaremos certificados à PROEX aos participantes que tiverem 75% de presença durante a atividade.

Abaixo o cartaz e aguardamos os/as interessados/as na quinta-feira!

cartaz gegh 2018-2 Por uma geografia nova

Relato da reunião preparatória do GEGH 2018-2, realizada no dia 30/08

Realizou-se no dia 30/08 a reunião preparatória para o Grupo de Estudos de Geografia Histórica 2018-2. Neste semestre iremos retomar o estudo de livros importantes para a geografia em geral e a geografia histórica em particular. Estiveram presentes o coordenador do grupo, prof. Marcelo, Bruna Magalhães, Bruno Campos e Martins Virtuoso.

Apresentados e discutidos várias opções de livros foi escolhido o livro de Milton Santos, Por uma Geografia Nova: da crítica da Geografia a uma Geografia Crítica (Edusp, 2012, 6. ed). No livro, que inaugura a geografia crítica no Brasil, Milton Santos realiza o percurso das correntes da história do pensamento geográfica, faz a discussão do significado do conceito de espaço e ao final propõe uma geografia crítica. De grande repercussão na geografia brasileira teremos a oportunidade de debater este importante livro, escrito logo após o retorno do autor do exílio e em que a geografia realizava a necessária crítica para que passasse a contribuir para a mudança da sociedade.

Foram definidas as primeiras apresentações e o cronograma da discussão do livro. As demais apresentações serão definidas na primeira reunião, para que todos os participantes possam se organizar. A metodologia utilizada é na forma de seminário, com um dos participantes ficando responsável pela apresentação de parte do texto, sem a utilização de recursos tecnológicos, podendo realizar um pequeno resumo (1 lauda) para que os demais acompanhem sua apresentação). Após a apresentação o texto será discutido por todos/as os/as presentes.

Também serão realizadas outras atividades em outros horários, como debates de filmes e minicursos, alguns já estão sendo propostos e serão anunciados assim que confirmados.

A discussão do livro se dará às quintas-feiras das 9 às 12 horas. O cronograma inicial é o seguinte: 

13/09 – Introdução e Cap. 1 (Os fundadores: as pretensões científicas) – Bruno Campos

20/09 – Cap. 2 (A herança filosófica) e Cap. 3 (A renovação do Após-Guerra: “A new geography” – Marcelo

27/09 – Cap. 4 (A Geografia Quantitativa) e Cap. 5 (Modelos e Sistemas: Os Ecossistemas) – Martins

04/10 – Cap. 6 (A Geografia da Percepção e do Comportamento) e Cap. 7 (O Triunfo do Formalismo e da Ideologia – Bruna

11/10 – Cap. 8 (O Balanço da Crise: A Geografia Viúva do Espaço) – Bruno e Cap. 9 (Uma Nova Interdisciplinariedade) – a definir

25/10 – Cap. 10 e 11 – a definir

01/11 – Cap. 12 e 13 – a definir

08/11 – Cap. 14 e 15 – a definir

22/11 – Cap. 16 e 17 – a definir

29/11 – Cap. 18 e Conclusão – a definir

06/12 – Balanço e Encerramento

Portanto aguardamos a presença de todos/as na primeira reunião do dia 13/09, quando iniciaremos a discussão do livro. Abaixo a capa do livro e o sumário do mesmo.

por uma2

sumário1

sumário2

sumário3

 

 

Retomada do Grupo de Estudos de Geografia Histórica (2018-2)

Como fazemos a 13 edições, vamos retomar o Grupo de Estudos de Geografia Histórica, em sua versão 2018-2.

Como tradicionalmente fazemos, estamos convidando a todos(as) os(as) interessados(as) para participarem da reunião preparatória do 14° GEGH 2018-2.

A reunião preparatória é o momento em que escolhemos o livro a ser discutido e as atividades a serem realizadas no semestre. Os(as) interessadas podem trazer suas sugestões, que serão consideradas no momento em que, democraticamente, escolheremos o ou os livro(s) a serem debatidos no semestre.

Contamos com a presença de todos(as)!

DIA 30/09/2018 (QUINTA-FEIRA)

HORÁRIO: 9 HORAS

LOCAL: SALA 203C

 

 

Encontro de Estudos sobre Patrimônio Cultural em Campos dos Goytacazes/RJ

Será realizado entre os dias 14 a 16/08/2018, o Encontro de Estudos Sobre Patrimônio Cultural, em Campos dos Goytacazes/RJ. O evento, realizado pelo Instituto Histórico e Geográfico de Campos dos Goytacazes e a Officina de Estudos do Patrimônio Cultural da UENF, vai acontecer na Academia Campista de Letras e na Casa de Cultura Villa Maria.

O encontro tem como objetivo discutir as políticas e as ações de patrimônio no município de Campos, a partir da apresentação de estudos que promovam o debate e a reflexão entre estudantes, professores, pesquisadores e demais profissionais das diferentes áreas que tratam do patrimônio cultural e sua ampla complexidade. O encontro terá espaço para comunicações, que poderão ter o caráter teórico ou apresentar estudos de casos.

Abaixo, o folder do evento com a programação.

EEPC Programação 2018

Convite para dissertação: DA USINA DO QUEIMADO AOS BAIRROS RESIDENCIAIS: MUDANÇAS E PERMANÊNCIAS NA PAISAGEM URBANA DE CAMPOS DOS GOYTACAZES, de Helio dos Santos Passos

Gostaríamos de convida-los para a defesa de dissertação de mestrado intitulada DA USINA DO QUEIMADO AOS BAIRROS RESIDENCIAIS: MUDANÇAS E PERMANÊNCIAS NA PAISAGEM URBANA DE CAMPOS DOS GOYTACAZES, de Helio dos Santos Passos. A mesma se realizará na UFF/CAMPOS, no dia 14/08/2018 às 15 horas na sala 202 do bloco C.

 

helio