Encontro de Estudos sobre Patrimônio Cultural em Campos dos Goytacazes/RJ

Será realizado entre os dias 14 a 16/08/2018, o Encontro de Estudos Sobre Patrimônio Cultural, em Campos dos Goytacazes/RJ. O evento, realizado pelo Instituto Histórico e Geográfico de Campos dos Goytacazes e a Officina de Estudos do Patrimônio Cultural da UENF, vai acontecer na Academia Campista de Letras e na Casa de Cultura Villa Maria.

O encontro tem como objetivo discutir as políticas e as ações de patrimônio no município de Campos, a partir da apresentação de estudos que promovam o debate e a reflexão entre estudantes, professores, pesquisadores e demais profissionais das diferentes áreas que tratam do patrimônio cultural e sua ampla complexidade. O encontro terá espaço para comunicações, que poderão ter o caráter teórico ou apresentar estudos de casos.

Abaixo, o folder do evento com a programação.

EEPC Programação 2018

VI Semana de Geografia UFF Campos: Submissão de trabalhos até 20/05/18

A VI Semana de Geografia será realizada entre os dias 4 e 8 de junho de 2018,  na Universidade Federal Fluminense – Campos dos Goytacazes/RJ, e terá como tema: “Dinâmicas Geográficas do Norte e Noroeste Fluminense: uma busca pela interdisciplinaridade”.

As inscrições são gratuitas e estão sendo realizadas através do site. É importante frisar que o evento procura incorporar em suas discussões um diálogo com outras disciplinas, sendo importante a participação de todos os interessados.

O prazo para submissão de trabalhos, minicursos e oficinas foi prorrogado para o dia 20/05/18, e pode ser feito através do site. Maiores informações também podem ser encontradas na página do Facebook.

 

semana de geografia

Aula Inaugural PPG/UFF Campos 2018

Será realizada, nesta próxima quinta-feira (19/04), a aula inaugural de 2018 do Programa de Pós-Graduação em Geografia da UFF de Campos dos Goytacazes. A mesma acontecerá no auditório da instituição, localizada no bloco C, da Rua José do Patrocínio, 71, com início às 17h.

O palestrante convidado é o Prof. Dr. Marcelo Lopes de Souza, fundador e coordenador do Núcleo de Pesquisas sobre Desenvolvimento Sócio-Espacial (NuPeD), vinculado ao Departamento de Geografia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde atua como professor titular. Dentre suas principais obras está o livro “O desafio metropolitano”, que foi agraciado com o Prêmio Jabuti (categoria Ciências Humanas e Educação) em 2001. E entre outras atuações, é membro do corpo editorial da revista “Cidades” (Brasil), desde 2008, e membro do Conselho Editorial da coleção de livros “Cómo pensar la geografía”, da Editorial Itaca (Cidade do México), desde 2011. Tem dedicado sua atenção profissional ao estudo dos vínculos entre mudança social e organização espacial. (Fonte: http://lattes.cnpq.br/0866807094701251)

Abaixo, o cartaz de divulgação do evento.

 

Cartaz Aula Inaugural PPG 2018 com contorno

Atividade de campo pela Baixada Campista

ATIVIDADE CANCELADA DEVIDO AO MAU TEMPO. SERÁ REMARCADA PROVAVELMENTE PARA MARÇO/2018.

Neste sábado (09/12), entre 8h e 18h, será realizada a atividade de campo pela Baixada Campista, com a coordenação do Prof. Hélio Coelho.

Trata-se da segunda edição deste campo, tendo a primeira sido denominada “Paisagem e Cultura: um olhar sobre a Baixada Campista“, que foi realizada em outubro de 2014. Para os interessados em um aprofundamento do tema, sugerimos a leitura do trabalho “Leituras Geohistoricas da Paisagem da Baixada Campista“, de Rafael Neves da Conceição.

As inscrições já estão abertas e podem ser efetuadas preenchendo a ficha abaixo:

[ficha removida devido ao cancelamento da atividade de campo]

A seguir, o roteiro do campo previsto:

08h: Saída da UFF

09h: Cerâmica em São Sebastião
10h30: Goitacazes e visita ao Solar do Colégio – Arquivo Público Municipal
11h: Campo Limpo
12h: Mosteiro de São Bento
13h: Farol de São Tomé – Almoço no Restaurante Alambique do Leley (preço especial de R$ 15,00 para os participantes) com visita técnica ao alambique

16h: Santo Amaro e volta para Campos.

E adiante, o cartaz de divulgação.

Cartaz GEGH 2017-2 Campo Baixada Campista

 

Bolívia: impressões de viagem, por Priscila Viana

Acontecerá no dia 07/12/2017, de 09 às 12h,  mais uma atividade do 13° projeto de extensão “Grupo de Estudos de Geografia Histórica 2017-2”. Trata-se do relato da viagem de Priscila Viana, mestre em geografia pela UFF/Campos, intitulado “Bolívia: impressões de viagem”.

A viagem ocorreu durante os meses de abril e maio do corrente ano pelas seguintes cidades bolivianas: El Alto, La Paz, Copacabana, Isla Del Sol, Solar do Uyuni, Potosí, Sucre, Tarabuco, Santa Cruz de La Sierra e Porto Guijaro. Foi realizada uma leitura do território boliviano através da experiência andina do bem viver (Sumak Kawsay), considerando também a perspectiva da descolonialidade. A expositora disponibilizou o texto “Conversando sobre o Bem Viver“, de Mario Rodríguez Ináñez para um posterior debate.

Abaixo, o cartaz da atividade, para a qual todos estão convidados!

 

Cartaz GEGH 2017-2 Impressões de viagem Priscila ATUALIZADO

Exibição e debate do filme “Antonio Gramsci – Os dias do cárcere”

Se realizará na próxima quinta-feira, 26/10, a segunda atividade do 13º Grupo de Estudos de Geografia Histórica (2017-2). Trata-se da exibição e debate do filme “Antonio Gramsci – Os dias do cárcere”. A atividade se realizará na Sala multiuso, no segundo andar do bloco C (prédio da biblioteca), a partir das 9 horas da manhã até as 12 horas. O debatedor será o prof. Hélio de Freitas Coelho (UFF/Campos).

Abaixo o cartaz da atividade, para a qual estão todos(as) convidados(as):Cartaz GEGH 2017-2 filme Antonio Gramsci

Relatório de atividade sobre o filme “O jovem Karl Marx”

Foi realizada nesta quinta-feira (19/10), a exibição e debate do filme “O jovem Karl Marx” como atividade do 13° Grupo de Estudos de Geografia Histórica (2017-2). A atividade contou com a participação do debatedor do filme, o prof. Martins Virtuoso, de estudantes e do grande colaborador do grupo, o prof. Hélio de Freitas Coelho, além do coordenador do grupo prof. Marcelo Werner. Após a sessão, Martins levantou alguns pontos interessantes para debate, como a evolução das ferramentas ao longo das transformações sociais, as diferentes escalas de atuação do homem e a questão da propriedade privada, relacionada também pelos participantes, ao corpo humano e às relações familiares. O recorte temporal sobre o momento da vida de Marx também foi mencionado pelo prof. Hélio como destaque do filme. Ênfase, sobretudo, para os fundamentos dos pensadores e seu contexto na construção da teoria materialista-dialética, e o importante estudo das relações materiais do sistema. Nessas circunstâncias, destaque para a relação solidária e fraterna entre Marx e Engels muito bem retratada na produção. Por fim, vale ressaltar que o filme deixa reflexões interessantes e nos incentiva a assisti-lo novamente.

(Bruna Caroline M. de Oliveira)

GEGH 2017-2 Filme Karl Marx 2
Debate realizado após a exibição do filme