Relatório da reunião do dia 28.09.2011

A reunião deste dia foi secretariada pelo Hebert, cujo relato reproduzo abaixo:

Prof. Marcelo (coordenador do curso) inicia o encontro, como de costume, lendo o relatório do encontro anterior. Em sequencia, iniciam-se as apresentações com o relator Lucas apresentando os capítulos IV e V. Lucas inicia sua apresentação a cerca de quatro pontos principais abordados por Konder sobre o autor Lukács, dando continuidade apresentou sobre Mannheim sendo bem sucinto nesta segunda parte. Marcelo comenta sobre o formato do texto de Konder – sequencial quanta cronologia nas definições de ideologia dos autores – segue o coordenador aprofundando melhor a fala de Lucas sobre os autores por ele apresentados. Em seguida abre-se para discursão, Priscila relata sobre seu otimismo, concordando com Konder quanto ao poder modificador e revolucionário da classe trabalhadora (Marcelo diz ser essa a intenção do grupo, trazer sua opinião baseado no texto em discursão), já Tatiane elogia a argumentação da Priscila mesmo discordando. Logo após a discursão inicia-se uma discursão sobre assuntos diversos. Principia-se outra apresentação regida por Ranna, apresentando os capítulos VI e VII. Fez comentários bem abrangentes sobre o capitulo VI, abordando diversos pontos do pensamento tanto de Horkheimer quanto de Adorno. Em seguida, a Ranna apresenta o capitulo VII enfatizando o olhar teórico partilhando entre Marcuse e Adorno, sendo o primeiro mais ativista dos movimentos culturais mais diversos. Tatiane adianta alguns comentários quanto ao capítulo que por ela será apresentado, e afirmando os ideais combinados entre Gramsci e Adorno em relação à perda do caráter socialista das nações ditas “socialistas”, Marcelo a auxilia na argumentação. Hélio complementa caracterizando a vinda tardia e confusa dos ideais marxistas ao Brasil, Hélio continua citando diversos movimentos culturais que partilharam do marxismo, e que no Brasil se deram de uma forma muito particular, e que esta forma particular seria, talvez, a correta. Seguindo para a terceira apresentação do encontro Olavo apresenta sobre o capítulo VIII, que diz respeito à ideologia em Walter Benjamin (Marcelo cita sobre a volta no tempo da sequência no livro de Konder), apresentação constrói-se a partir da ideologia por traz até dos meios artísticos – que para lukács era a meio de fugir a ideologia – os quais eram utilizados pelo capitalismo para se proliferar, termina a apresentação com uma citação de Konder, a qual foi bem discutida pelo grupo, que dizia sobre a “salvação” de todos até dos mais corrompidos. Hélio traz de volta, ainda em relação à citação, a “santificação” dos trabalhadores. Marcelo retoma a discursão para a industrialização da cultura, Olavo cita um exemplo de seus amigos produtores de cultura (Rappers) que repudiam esta industrialização. Hélio traz um exemplo de uma banda de forró e junto a outros integrantes do grupo dizem-se a favor de medidas proliferadoras de cultura, que não seguem uma cultura capitalista, como a pirataria. Dando continuidade as apresentações, segue Tatiane apresentando o capitulo IX sobre Gramsci. A relatora faz uma introdução relatando sobre a repressão sofrida por Benjamin e de Gramsci, por parte do nazifascismo. Segue falando sobre a relação de Gramsci e a Ideologia, ressaltando a relação entre Gramsci e Marx. Tatiana ressalta a citação que Konder faz, na qual diz “o socialismo só se aplica por meio da violência”, ressalta também o meio pelo qual Gramsci diz ser o adequado para combater a ideologia, que é conhecer seu inimigo. E finaliza argumentando o objetivo de Gramsci que era o de incentivar uma intervenção consciente e ativa dos de baixo. Marcelo comenta que esta abordagem de Konder quanto Gramsci foge ao de costume. Hélio completa fazendo um diálogo entre o contexto histórico – tanto na Itália quanto na própria Europa – e a teoria de Gramsci, cita que todos somos passiveis de ideologização e também de uma contra ideologização.

Apresentações do dia:

Cap. 4 e 5 do livro do Konder – Apresentação de Lucas:
1. Capítulo 4 – Em Lukács

• Primeiro contato com Marx;
• História e consciência de classe, de 1929 (ensaio sobre a reificação);
• Crítica a Engles;
• A ideologia e a sua abordagem temática do cotidiano.

2. Capítulo 5 – Em Mannheim

• Conservadorismo Ideológico;
• Distorção Ideológica;
• Erro do Marxismo.

Cap. 6 e 7 do livro do Konder – Apresentação de Ranna:
 Capítulo VI
Em Horkheimer e Adorno

• Movimento teórico distinto  Viria a constituir a Escola de Frankfurt¹*
• Dinâmica da Escola de Frankfurt
• Horkheimer- Liderança intelectual (2ª metade dos anos 20)
-Preocupação com a questão da ideologia
• Pesquisas passaram a manifestar nova ênfase: Concentraram-se nos fenômenos sociopolíticos que se verificavam no plano da cultura.
– Duas constatações dolorosas:
1. O movimento operário e as organizações de esquerda não haviam sido capazes de evitar a conquista de Hitler.
2. As ações promovidas por Stalin estavam avançando para uma sociedade totalmente controlada pelo Estado.
• Teoria tradicional e teoria crítica
• O modo de produção capitalista no século XX
• Obra: Dialética do esclarecimento  No século XX, a ideologia dominante e a sua capacidade de impingir ás pessoas uma “ ilusão de harmonia” (págs.: 80,81e 82)
• A indústria cultural
– sobrevivência do capitalismo
– função essencial em sua preservação, reprodução e renovação
• “ A ideologia, assim reduzida a um discurso vago e descompromissado, nem por isso se torna mais transparente, e tampouco, mais fraca. Justamente sua vagueza, aversão quase cientifica a fixar-se em qualquer coisa que não se deixe verificar, funciona como instrumento da dominação” ( Adorno e Horkheimer,1985, p. 138)
• Novas formas da ideologia
• A ideologia na Semicultura.
• O mundo atual para Adorno

 Capitulo VII
Em Marcuse

• O inicio do capitulo – História de Adorno
• O capitalismo com umas das razões para engajar-se nos combates possíveis
• Criticava o totalitarismo e o liberalismo
– Criticas ao Marxismo
• Desenvolve análises desmitificadas do consumismo na sociedade norte- americana
• A nova ideologia dominante assegurava a lucratividade do sistema
• A analise do sistema e da sua ideologia não se desenvolvia absolutamente , em oposição ás analises
de Adorno e Horkheimer haviam dedicado á industria cultural.
– Divergência subjacente
• Mobilização estudantil

Cap. 8 do livro do Konder – Apresentação de Olavo:

Cap. 9 do livro do Konder – Apresentação de Tatiane:

Walter Benjamin morreu em 1940. Pensador alemão foi exilado na França, preso quando tentava fugir para a Espanha pela polícia francesa, após sua prisão se suicidou.
Antonio Gramsci morreu em 1937. Pensador italiano, foi preso pela polícia de Mussolini, passou 10 anos na prisão e só saiu de lá para morrer em uma clínica. Ele foi o fundador do partido comunista da Itália.
Ambos foram vítimas da extrema direita, do nazifacismo.
Gramsci desenvolve a partir de Marx. Para Gramsci, Marx era de um “historicismo absoluto”.
O “senso comum” sua tradição negativa ganha força ao longo dos séculos XVII e XIII. Gramsci admite o bom senso, do senso comum. Porém teme que ele seja superestimado.
Segundo Gramsci: A criação do conceito ideologia, por filósofos franceses estava vinculado a um “materialismo vulgar”.
Ideologia “historicamente orgânica” e ideologia “arbitrária”.
Ideologia x Ciência / Ideologia x Filosofia
Marxismo (filosofia da práxis), não está imune a ideologia.
Elementos da ideologia.
Ideologia para Gramsci, e ideologia para Marx segundo Gramsci.
Gramsci sem dúvida um materialista, porém ele possui a peculiaridade de não desconsiderar as culturas.
Objetivo de Gramsci era incentivar cada vez mais uma intervenção ativa e consciente dos de baixo.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em 04º GEGH 2011-2, Grupo de Estudos de Geografia Histórica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s