>RELATÓRIO DA REUNIÃO DO DIA 21.05.2010

>Relatório da Reunião do dia 21/05/2010

O encontro desse dia teve como objetivo a apresentação e discussão do capítulo 4 – “Formação Colonial e Conquista de Espaços” – do livro “Território e História no Brasil” de Antônio Carlos Robert de Moraes.
Neste capítulo o autor faz uma análise dos processos e das diversas modalidades de formação colonial exercidas pelos paises da Europa ocidental como, Portugal, Espanha, Inglaterra e Holanda, ressaltando a conquista de espaços extra europeus acontecida a partir do século XVI.
A colonização, segundo o método de análise adotada, pode ser compreendida como uma relação sociedade espaço, onde o processo de valorização do espaço, realizado de diversas formas inclui: a apropriação de meios naturais, a transformação de tais meios numa segunda natureza, a apropriação destes meios naturais transformados, a produção de formas espaciais e a apropriação do espaço anteriormente produzidos. A colônia então, “notadamente nos casos de uma instalação pioneira, expressa talvez melhor do que qualquer outro exemplo, estes momentos da ação da sociedade sobre o espaço” (MORAES,2008,p.89)
Nesse dia, seguindo à dinâmica dos encontros anteriores, foi apresentado, dessa vez, por Tiago, o relatório, realizado com empenho de não omitir os detalhes das discussões realizadas, do capítulo três do livro em questão. Em seguida foi apresentado, por Ana Carolina, o capítulo quatro (objeto de discussão desse encontro) onde o autor define o processo de colonização tendo por origem a expansão territorial de um determinado grupo humano, sendo necessário para a sua efetivação a ocupação e fixação, por um longo tempo, do agente colonizador que passa a atuar como elemento externo de estruturação interna da colônia.
A seguir, a apresentadora chama a atenção para as diversas modalidades de origem e efetivação dos empreendimentos colonizadores como os empreendimentos coloniais privados surgidos Holanda, os empreendimentos estatais adotados pela Espanha e os mistos empregados por Portugal; possuindo em comum a todos, as estruturas militares de apoio à colonização e o uso da violência no sentido de subjugar os colonizados. Assim a colonização apresentou um caráter de conquista, submissão das populações colonizadas, apropriação dos lugares, subordinação dos poderes eventualmente defrontados e dominação política.
Ana Carolina observa também, seguindo o autor, que as estruturas produtivas preexistentes, quando encontradas, são assimiladas a nova ordem ou destruídas, citando o exemplo da “plantation” como expansão da economia mundo capitalista. Observa também as diferenças entre as colônias de povoamento, sendo essas mais autoconcentradas e autárquicas e tendo laços mais tênues com os circuitos comerciais e as colônias de exploração – lugares do capital mercantil por excelência – resultando assim, segundo Moraes, em um sentido da colonização dependente da geopolítica metropolitana somado às condições encontradas.
A apresentadora ilustrou seu trabalho trazendo imagens como: uma figura das capitanias hereditárias para mostrar a divisão territorial (interna) da colônia realizada pelo agente(externo) colonizador e uma figura de um Engenho do livro “Casa Grande e Senzala”, de Gilberto Freire para mostrar a formação social colonial brasileira, entre outros.
Após a apresentação do texto, Vicente realizou sua tarefa de comentador e Sueleni chamou a atenção a cerca das práticas sociais tais como “coronelismo, patriarcadismo, clientelismo” comuns no Brasil e atribuindo essas práticas à herança nossa colonial.
O professor Hélio elaborou um “pequeno texto como pretexto para reflexão” onde comentou a lógica externa da colonização e a dinâmica interna da colônia; a permanência das relações sociais coloniais que reproduzem, que se reenventam e que permanecem.
Finalizando, o professor Marcelo Werner – coordenador da reunião – indica, para uma melhor compreensão da atribuição de problemas às causas externas, o livro “Dialética da Colonização” do autor Alfredo Bossi.

Anadelson Martins Virtuoso
Relator dessa reunião.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em 01º GEGH 2010-1, Grupo de Estudos de Geografia Histórica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s